.

.

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Rua Isaías Newton

A Cruz Gaspar

ISAÍAS NEWTON (Rua de) – Começa junto ao nº 59 da Rua Frei António das Chagas e finda na Rua General Daniel de Sousa (Bairro do Montalvão/Rio da Figueira.




Isaías Newton – Pintor dos Séculos XIX e XX (1838-1921), discípulo de Anunciação. Cultivou a pasiagem e a marinha. Figurou nas Exposições Trienais da Academia Real de Belas-Artes (1856), nas Exposições da Sociedade Promotora de Belas-Artes (1863), do Grémio Artístico (1891) e da Sociedade Nacional de Belas-Artes (1903). Obteve a medalha de oiro na Academia e a medalha de prata na Promotora. Está representado na Col. D. Caetano de Portugal com «Marinha», data de 1896.

in PAMPLONA, Fernando de, Dicionário de Pintores e Escultores

Vista de Lisboa - Tejo e Palácio da Ajuda




Isaías Newton (1838-1921) é referenciado em Setúbal, em 1893, como membro do júri de exames, presidido pelo inspector Luciano Cordeiro (1844-1900). Foi professor de desenho na antiga escola Rainha D. Amélia, em Setúbal (hoje Escola Secundária Sebastião da Gama). Em 1897, participou nos trabalhos decorativos do teatro setubalense D. Amélia (com um quadro a óleo, representando a barra de Setúbal). No ano lectivo de 1904-1905 foi o primeiro professor do pintor setubalense Fernando Santos (1892-1965). Em Abril de 1907, assumiu a direcção daquela escola por ter sido exonerada a seu pedido Joaquina Guerreiro. Isaías Newton, participou em 1903 numa exposição na Sociedade Nacional de Belas-Artes ao lado de outros pintores, entre os quais, o setubalense João Vaz (1859-1931).

in MOURO, Carlos; PENA, Horácio, Para a História do Club Setubalense (1855-2010)


A orquestra tocava ao fundo do Salão, num palco cénico habilmente decorado pelo Sr. Isaías Newton”O Elmano, 9 de Fevereiro de 1898. (Por um documento intercalado nas folhas 10 e 11 do já citado livro de Actas, ficamos a saber que este trabalho decorativo de Isaías Newton, foi oferecido ao Club, como donativo para a festa de reinauguração. )

in MOURO, Carlos; PENA, Horácio, Para a História do Club Setubalense (1855-2010)

1 comentários:

  1. Muito obrigado pela dedicatória e pela informação que eu procurava, caro amigo.

    ResponderEliminar